06 abril 2010

Contagem decrescente

Não me refiro à contagem decrescente para o nascimento da segunda cria, cujo nome ainda não vou divulgar por uma questão de solidariedade para com a Joaninha.

Refiro-me, isso sim, ao quarto aniversário da pequena cria e à contagem decrescente, muito sofrida, em que a minha querida mulher se encontrava há quatro anos atrás.

Sofrida porque, para quem não sabe, a Sónia deu entrada em Santa Maria com uma coisa rara apelidada de contracção contínua – e o nome já diz tudo – na manhã do dia 5 de Abril de 2006 e a Joana só berrou, pela primeira vez, às 19h30 do dia 7.

Muitas horas de espera que, graças a Deus, acabaram em bem de modo a podermos, amanhã, comemorar o aniversário da Joana.

O Papá